Lançamentos de apartamentos de alto luxo

Algumas incorporadoras de São Paulo estão lançando projetos de empreendimentos de alto padrão com preço médio entre R$25 mil e R$44 mil o metro quadrado.

O crédito está mais escasso e mais caro, a inadimplência aumentou e as incorporadoras tiveram que lidar com a devolução de inúmeros imóveis. Mas no meio desse cenário, há empresas que estão apostando em um mercado que é blindado às crises que abalam a grande maioria da população.

Empresas especializadas em vender imóveis de altíssimo padrão, os lançamentos estão localizados na região da Avenida Faria Lima, onde está um dos metros quadrados mais caros do país.

Os apartamentos terão entre 270 e 570 metros quadrados, pé direito de seis metros de altura e cobertura que terá uma área de mil metros quadrados. Um apartamento nesse edifício não sai por menos de R$6 milhões de reais e a cobertura custará nada menos de R$40 milhões.

A empresa destaca que os apartamentos não serão considerados puramente imóveis, mas sim obras de arte, com detalhes exclusivos e acabamentos de alto padrão. O edifício terá a assinatura do designer do iate de Steve Jobs, ponto comercial em curitiba.

Como se inscrever no CNAI?

O CNAI (Cadastro Nacional de Avaliadores Imobiliários) conta com mais de 12 mil profissionais inscritos e se tornou um instrumento que valoriza e prestigia os avaliadores imobiliários. É uma fonte de consulta para os potenciais clientes, já que é uma lista criada pelo sistema Cofeci-Creci.

O segmento para as avaliações imobiliárias está em ascensão para os corretores de imóveis. O número de profissionais habilitados para essa função vem crescendo em todo o país. Todo corretor de imóveis pode ser um avaliador.

Para se inscrever no CNAI é necessário ter nível superior em ciências imobiliárias ou fazer um curso específico, com carga horária de 24 horas, que seja reconhecido pelo Cofeci. Somente após a inscrição no CNAI é que o corretor poderá emitir os pareceres mercadológicos de avaliação de imóveis com um selo do Cofeci. http://www.lealimoveispp.com.br/

Os procedimentos para inscrição exigem verificação do diploma de curso superior ou certificado de conclusão do curso de avaliação de imóveis, verificação junto ao Creci, preenchimento do requerimento para inclusão no CNAI e pagamento de boleto bancário emitido através da internet. É necessário ainda, enviar duas fotos 3×4 junto com todos os itens ao Cofeci.

Após receber essa documentação, o Cofeci processará a inscrição do profissional e o incluirá no CNAI que emitirá o Certificado de Avaliador Imobiliário com um número de avaliador que também será incluído em sua identidade profissional.

Alternativas interessantes para os corretores de imóveis

Apesar do setor imobiliário estar bastante aquecido e grande parte dos profissionais migram para esse mercado, muitos acabam abandonando a carreira. Algumas pesquisas realizadas mostram que 45% dos corretores de imóveis do rio de Janeiro, deixaram a profissão.

As imobiliárias acreditam que o mercado passará por uma nova mudança e os profissionais podem ter mais uma chance de sucesso. Entretanto, alguns já conseguiram se sobressair optando por se tornar avaliadores imobiliários contratados por instituições financeiras, como os bancos, parana imobiliaria mota.

A decisão de compra está cada vez mais na mão dos consumidores finais, eles estabelecem os valores e os qualificadores dos produtos imobiliários, além da forma com que a intermediação é feita.

A grande arma dos corretores mais antenados é fazer com que seja estabelecido uma relação de confiança. Os bons corretores conseguem formar uma carteira de clientes e mantê-los informados sobre os imóveis à disposição e ser atencioso.

Os corretores devem estar sempre informados sobre os assuntos mais recentes do setor imobiliário. Uma ótima dica é montar um portal na internet.